Nutrição Sem Neura

Categorias

Histórico

Viva a comida caseira! Veja 10 dicas para cozinhar mesmo sem tempo

Sophie Deram

16/05/2018 04h00

Crédito: iStock

Cozinhar ou terceirizar a alimentação? Eis o dilema que boa parte das pessoas que moram em grandes cidades enfrentam diariamente. Quem trabalha fora geralmente acaba almoçando em restaurantes. E à noite, nem todo mundo tem pique para enfrentar o fogão.

Os aplicativos para pedir comida acabam sendo a solução mais rápida: é tocar a tela e esperar o jantar chegar.

Mas você sabia que comer comida caseira é uma das formas mais eficientes de se prevenir a obesidade e manter um peso saudável?

Pois é, muito mais eficaz do que dietas malucas, produtos fitness ou outras soluções milagrosas que a indústria do emagrecimento não cansa de nos oferecer.

Eu sei que o tempo é escasso. E também tenho uma agenda complicada! Mas tenho algumas técnicas simples que me ajudam a comer mais em casa.

E se a sua desculpa é: “não sei nem fritar ovo”, já aviso: não é preciso ser um MasterChef para fazer comidinhas gostosas e cheias de afeto. Que tal tentar? Veja 10 dicas, prepare o avental e bora para a cozinha!

  1. Ajuste suas expectativas

Se você não sabe cozinhar, comece com pratos simples. Se não tem tempo, cozinhe um dia sim, um dia não, ou somente no fim de semana. O importante é começar!

  1. Inspire-se

A internet está recheada de receitas simples e práticas. Comece pelos pratos que mais gosta, digite no Google e, voilá: terá várias opções. Pesquisar receitas é um ótimo pontapé inicial!

  1. Foque nos alimentos mais naturais

Procure diversificar os pratos, usando diferentes tipos de arroz, feijão, massas, carne, frango, peixe, queijos, legumes e folhas. É muito gostoso conhecer sabores novos! E o Brasil é rico em variedade. Aproveite!

  1. Mas não precisa ser tão radical!

Quanto menos processada for a comida, melhor. Mas se você não tem tempo de picar legumes, por exemplo, compre já picado ou mesmo congelado. Se precisar usar um grão-de-bico ou atum enlatado, tudo bem! Claro que o alimento in natura é melhor, mas se não tiver à mão, é melhor cozinhar com o que tem em casa do que simplesmente não cozinhar.

  1. Tenha utensílios básicos

Você não precisa de um mega kit de cozinha para fazer pratos simples. Mas é importante ter o básico, senão a tarefa fica mais difícil. Invista em uma boa faca, um ralador de legumes e uma frigideira antiaderente. Ela é ótima para refogar alimentos usando pouca gordura!

  1. Faça um cardápio e uma lista de compras

Use o fim de semana para isso: coloque no papel os pratos que você já sabe fazer ou gostaria de fazer. Essa tarefa poderá tomar alguns minutos, mas vai aliviar muito o dia a dia! Porque é a partir desse planejamento  que você vai fazer a lista de compras. Então, quando estiver morrendo de fome, não vai sofrer pensando no que cozinhar, porque já terá o cardápio tudo planejado!

  1. Fácil acesso à comida fresca!

Outra coisa que vale a pena fazer de uma só vez é lavar, cortar e descascar legumes e frutas, deixando tudo pronto na geladeira e fácil de usar. Você também pode picar ervas em potinhos com uma tesoura (é rapidinho) para dar sabor aos seus pratos sem ter que usar temperos prontos! Isso tudo torna o ato de cozinhar mais prático e gostoso.

  1. Freezer amigo

Essa é uma das táticas mais úteis para quem não tem tempo: usar o freezer como aliado. Como? Cozinhando a mais e armazenando para os dias que você tem menos tempo. Arroz, feijão, grão-de-bico, ervilha, lentilha, diversos tipos de carne e frango. Você também pode guardar sem temperar: quando tirar do freezer, dá uma nova “cara” para o prato usando um molho diferente, temperando com outro tipo de erva, ou especiarias, etc.

  1. Criatividade com as sobras

Sobrou arroz e não quer congelar? No dia seguinte, faça um arroz de forno! O macarrão pode virar uma salada fria, o feijão: tutu… O frango assado do domingo, desfiado, pode rechear uma torta ou uma panqueca. Enfim, invente! Sobra é uma mão na roda quando não temos tempo!

  1. Não deixe a louça pra depois

Criar o hábito de lavar na hora vai te motivar a ir mais para a cozinha, porque nada mais triste do que tentar preparar a próxima refeição com a pia cheia de louça.

Vale muito a pena valorizar esses passos na cozinha. Lembre no quanto o hábito de cozinhar pode ser útil para a sua saúde! A vida é feita de prioridades. E o tempo é a gente que faz.

Bon appétit!

Sobre a autora

Sophie Deram é uma nutricionista franco-brasileira, autora do best-seller “O Peso das Dietas”, palestrante, pesquisadora e doutora pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) no departamento de endocrinologia. Defende a importância do prazer de comer para a saúde e a ideia de comer melhor e não menos. Sophie não acredita nas dietas restritivas e no “terrorismo nutricional”. Desenvolve programas online para transformar a relação das pessoas com comida e ensina profissionais de saúde sobre nutrição que alia ciência e consciência.Leia mais no site da Sophie Deram: https://www.sophiederam.com/br/

Sobre o blog

Dicas, reflexões e estudos sobre a relação do nosso corpo com a comida, com foco em alcançar uma relação tranquila com os alimentos e, assim, obter um peso saudável. Esse é um espaço que passa longe dos modismos alimentares. Aqui promoveremos mudanças de hábitos que vão te ajudar a viver melhor. Acredito que o ser humano se nutre de alimentos e sentimentos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Blog Nutrição sem neura
Topo