menu

Topo
Blog da Sophie Deram

Blog da Sophie Deram

Categorias

Histórico

Cuidado com fake news na nutrição! Veja o exemplo do câncer

Sophie Deram

2006-02-20T19:04:00

06/02/2019 04h00

Crédito: iStock

Atualmente, há um excesso de informação sobre os alimentos e nutrição que causa muita confusão nas pessoas. Todos os dias aparecem novas dicas e dietas na internet: desde listas com alimentos e nutrientes milagrosos até aqueles que são considerados venenos.

Não existem alimentos "bons" ou "ruins"

Dividir os alimentos em "bons" e "ruins", que "engordam" e "emagrecem" ou que "curam" doenças, é lançar um olhar reducionista sobre a nutrição. Isso não existe! Demonizar alimentos é fazer terrorismo nutricional – e muitas vezes, essas informações não passam de pseudociência – é o que chamo de "nutricionismo". Esse termo foi inventado por Gyorgy Scrinis, professor de Política Pública de Alimento e Nutrição na Universidade de Melbourne, Austrália, a partir da junção de "nutrição" e "cientificismo" (excesso de ciência).

Muitas pessoas buscam por informações na ânsia de conseguir mudanças no corpo ou para ter mais saúde e qualidade de vida e se deparam com o "nutricionismo" na internet.

Cuidado com orientações nutricionais para curar o câncer

Imagina uma pessoa que está passando por um tratamento de uma doença grave e encontra informações sobre alimentos que supostamente "curam", como, por exemplo, acontece com o câncer. Certamente, essa pessoa sentirá necessidade de seguir essas falsas recomendações: "fake news". Infelizmente, isso pode prejudicar no tratamento e trazer efeitos contrários na saúde. Um exemplo disso é o que aconteceu com o jornalista e apresentador Marcelo Rezende, que abandonou o tratamento convencional para seguir um alternativo, que, no caso, era a dieta cetogênica.

Profissionais da saúde do Icesp (Instituto do Câncer de São Paulo) e SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) não recomendam essa dieta como forma de tratamento do câncer. Como embasamento para isso, foi publicada uma revisão sistemática de 500 estudos clínicos sobre a dieta cetogênica e o câncer, e concluiu-se que em nenhum deles foi constatada diminuição da progressão do tumor, nem melhora na qualidade de vida dos pacientes que se submeteram a esse tipo de restrição alimentar.

Alerta a Fake News na prevenção e tratamento do câncer

O tema "Fake News" foi abordado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), no fórum "Dietas restritivas em oncologia: tem fake news na ciência", realizado no dia 17/01/2019. Em razão da enorme quantidade de informações falsas e sem embasamento científico sobre os supostos superalimentos e dietas restritivas durante o tratamento do câncer que são divulgadas nas redes sociais, o INCA se posicionou a respeito, lançando uma cartilha para os pacientes durante o tratamento.

A cartilha, que se chama "Dietas Restritivas e Alimentos Milagrosos Durante o Tratamento do Câncer: Fique fora dessa!", foi elaborada para desmistificar essas informações que podem atrapalhar o tratamento do paciente, comprometendo ainda mais sua saúde.

O INCA acredita que os profissionais de saúde devem ter o compromisso de disseminar informações comprovadas, e a orientação para profissionais e pacientes é de que não recomendem e nem sigam as dietas detox, alcalina, low carb e nem cetogênica, já que ainda não existem evidências científicas que comprovam o efeito benéfico dessas dietas durante o tratamento de câncer.

Quando se trata de orientações nutricionais para a prevenção e cura dos cânceres, é importante basear-se em evidências cientificas. São doenças multifatoriais onde interferem a individualidade, assim como a saúde física e mental do paciente. Cada caso é um caso e deve ser tratado com especialistas.

Recomendações nutricionais para prevenção do câncer

O Fundo Mundial para Pesquisa do Câncer (WCRF) e o Instituto Americano para Pesquisa do Câncer (AICR) vêm avaliando, por mais de 25 anos, níveis de evidência da relação entre fatores nutricionais e risco de desenvolver câncer.

Em maio de 2018 foi publicado o relatório "Dieta, nutrição, atividade física e câncer: uma perspectiva global", e é o Terceiro Relatório de Especialistas (os primeiros foram realizados em 1997 e 2007), trazendo pesquisas mais recentes, descobertas e recomendações de prevenção do câncer do Projeto de Atualização Contínua (CUP).

Dentre as recomendações para ajudar a prevenir do câncer, estão:

  • Seja fisicamente ativo;
  • Tenha uma alimentação rica em grãos integrais, vegetais, frutas e leguminosas;
  • Limite o consumo de fast foods e de alimentos processados ricos em gorduras, amido ou açúcares;
  • Limite o consumo de carnes vermelha in natura ou processadas;
  • Limite o consumo de bebidas açucaradas;
  • Limite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Não utilize suplementos para prevenção de câncer;
  • Para as mães: Se possível, amamentem seu bebê;
  • Mantenha um peso saudável;
  • Se for diagnosticado(a) com câncer: siga as recomendações acima.

Existem evidências de que seguir essas diretrizes aumenta a prevenção do câncer, e seus benefícios se estendem também para outras doenças crônicas não transmissíveis, como obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes e doenças respiratórias.

É preciso estar atento com a pseudociência e filtrar o que se lê na internet. O excesso de informação pode atrapalhar seu equilíbrio, principalmente no que tange a saúde física, psicológica e social. Rever seu estilo de vida como um todo também trará benefícios para sua saúde.

Sobre a autora

Sophie Deram é uma nutricionista franco-brasileira, autora do best-seller “O Peso das Dietas”, palestrante, pesquisadora e doutora pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) no departamento de endocrinologia. Defende a importância do prazer de comer para a saúde e a ideia de comer melhor e não menos. Sophie não acredita nas dietas restritivas e no “terrorismo nutricional”. Desenvolve programas online para transformar a relação das pessoas com comida e ensina profissionais de saúde sobre nutrição que alia ciência e consciência.Leia mais no site da Sophie Deram: https://www.sophiederam.com/br/

Sobre o blog

Dicas, reflexões e estudos sobre a relação do nosso corpo com a comida, com foco em alcançar uma relação tranquila com os alimentos e, assim, obter um peso saudável. Esse é um espaço que passa longe dos modismos alimentares. Aqui promoveremos mudanças de hábitos que vão te ajudar a viver melhor. Acredito que o ser humano se nutre de alimentos e sentimentos.